Vídeos › 10/08/2018

Vídeo “fala” por si ao mostrar desenvolvimento de bebê desde a concepção

Em 3 minutos, imagens impressionantes de uma vida nova, que é humana desde o primeiro instante

Hashem Al-Ghaili é um influenciador digital de origem iemenita que reside hoje na Alemanha. Seu foco no YouTube é divulgar a ciência com linguagem acessível ao público em geral.

Um de seus vídeos tem repercutido bastante nas redes sociais nesses tempos de ataque sistemático (e fanático) à própria biologia: em pouco mais de 3 minutos, ele mostra o processo de fertilização, implantação, desenvolvimento e nascimento de um novo indivíduo humano – que, naturalmente, foi um indivíduo humano desde o instante da concepção.

As imagens têm início com a liberação dos espermatozoides e, em seguida, apresentam a fusão com o óvulo para formar o zigoto, a implantação do zigoto no revestimento uterino, a divisão celular e o desenvolvimento do embrião em suas várias etapas – incluindo a formação do cérebro, do nariz, da boca, das orelhas e dos intestinos, até a 6ª semana, o coração completamente desenvolvido na 10ª semana e os primeiros “chutes” por volta da 18ª semana.

Vale recordar, diante desta maravilha da vida, que certos adeptos de uma pseudociência de enviesamento ideológico agressivo e impositivo insistem em negar que um ser humano é um ser humano desde a concepção, preferindo a “narrativa”, contra os fatos demonstráveis, que o aborto até a 12ª semana de gestação não eliminaria um bebê em formação, mas apenas um “aglomerado genérico de células”, que, por passe de mágica e por convenção jurídica, “vira gente” a partir do terceiro mês – nenhum segundo antes. Apresentar tal mitologia não é apenas a negação da moral natural e da lógica básica, mas da própria biologia.

Assista o vídeo e confira!

Por Aleteia

Comentários

*O Católico Digital não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.