Diocese de Jundiaí

Padres Redentoristas assumem Santuário do Bom Jesus em Pirapora

Diocese de Jundiaí › 05/04/2018

Santuário do Senhor Bom Jesus de Pirapora é meta de peregrinações no Estado de São Paulo

Amanhã, dia 6 de abril, às 19h30, Dom Vicente Costa, Bispo Diocesano de Jundiaí, preside a Missa Solene que marca o início da missão dos presbíteros da Congregação do Santíssimo Redentor nos cuidados pastorais do Santuário Diocesano Senhor Bom Jesus, em Pirapora do Bom Jesus (SP).

Como pároco, assume o Padre Rodrigo José Arnoso Santos, C.Ss.R. e o acompanham nesta missão os padres José Afonso Savassa, C.Ss.R., João Paulo de Oliveira Ramos, C.Ss.R., e o Irmão Heliomarcos Costa Ferraz, C.Ss.R, que terminou os estudos teológicos e se prepara para ser ordenado diácono e, posteriormente, presbítero.

“Há mais ou menos quatro anos a Diocese estava administrando o Santuário, mas só podíamos designar dois sacerdotes para esse trabalho e, por lá passam muitos peregrinos. Com a vinda dos redentoristas sabemos que o povo será muito bem atendido, temos muitas expectativas boas”, conta o Bispo Diocesano de Jundiaí (SP), Dom Vicente Costa.

Entre os desafios da nova comunidade está o de fomentar a devoção ao Senhor Bom Jesus e acolher os milhares de peregrinos que visitam o local. “Vamos assumir esta atividade para dinamizar e levar vida àquela parcela do povo de Deus. Desejamos fazer isso na alegria do Evangelho e ali anunciar a copiosa Redenção aos milhares de peregrinos que passam pelo Santuário de Pirapora”, destaca Padre Rodrigo.

Além do Santuário Diocesano, os Missionários Redentoristas assumirão também a paróquia do Senhor Bom Jesus e outras quatro comunidades urbanas e outras duas em processo de formação.

A Congregação do Santíssimo Redentor, também chamados de Missionários Redentoristas, foi fundada em Scala, sul da Itália, em 9 de novembro de 1732, por Santo Afonso Maria de Ligório. Os Missionários Redentoristas, que pela primeira vez assumem os cuidados do Santuário Diocesano Senhor Bom Jesus, são responsáveis, há 123 anos, pelo Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida (SP).

Bom Jesus de Pirapora

A Paróquia Senhor Bom Jesus, em Pirapora do Bom Jesus, foi fundada em 28 de dezembro de 1897 por Dom Joaquim Arcoverde de Albuquerque Cavalcanti, então Bispo da Diocese de São Paulo, à qual a Paróquia pertencia naquela época.

A devoção ao Senhor Bom Jesus de Pirapora se iniciou em 1725, quando a Imagem de Jesus flagelado e coroado de espinhos foi encontrada nas águas do rio Tietê por um morador local. Ele a levou para sua casa e iniciou uma devoção doméstica que aos poucos atraía mais pessoas. Sabe-se, por meio de documentos, que em 1825 já haviam relatos de milagres alcançados no local de veneração daquela Imagem.

Em 1887, a então Capela do Bom Jesus foi elevada ao status de Santuário diocesano, se tornando, dez anos depois, sede paroquial. O local abriga a Imagem encontrada há quase 300 anos, que pode ser vista no altar principal do templo.

O Santuário Diocesano Senhor Bom Jesus está localizado na Praça do Santuário, s/n, no Centro, em Pirapora do Bom Jesus (SP).

Mais informações pelo telefone (11) 4131-1440 ou pelo site www.sbj6.com.br.

Por Diocese de Jundiaí (com A12)

Comentários

*O Católico Digital não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Newsletter

Cadastre-se e receba as últimas notícias do Católico Digital diretamente em seu e-mail!