Igreja no Brasil

Presidenciáveis participam de debate promovido pela CNBB

Canção Nova › 21/09/2018

Debate aconteceu em Aparecida e teve a presença de Boulos, Haddad, Álvaro Dias, Ciro, Meirelles, Marina e Alckmin

Na noite desta quinta-feira (20/09), aconteceu, em Aparecida (SP), o debate entre os candidatos à presidência da República deste ano. Estiveram presentes Guilherme Boulos (PSOL), Fernando Haddad (PT), Álvaro Dias (Podemos), Ciro Gomes (PDT), Henrique Meirelles (MDB), Marina Silva (Rede) e Geraldo Alckmim (PSDB).

Ao final do debate, os candidatos foram cumprimentados pelo cardeal Sergio da Rocha, presidente da CNBB, por dom Leonardo Steiner, secretário-geral e por todos os outros bispos que participaram do evento.

Os presidenciáveis elogiaram a iniciativa da Conferência e responderam a todas questões colocadas.

O debate foi realizado na forma de um programa de TV e no último bloco, sete bispos tiveram a oportunidade de apresentar grandes questões da vida do brasileiro: superação da violência, gastos públicos com educação e saúde, desigualdade social, defesa da vida, diálogo e polarização política, defesa dos indígenas e povos tradicionais, agricultura familiar e agronegócio.

Haddad e Boulos responderam a perguntas sobre a violência e diálogo com a sociedade. Ciro Gomes e Alckmin falaram sobre ética, agricultura familiar e agronegócio e gastos públicos com saúde e educação. Marina e Meirelles foram questionados sobre aborto e defesa dos povos indígenas. Álvaro Dias lembrou que o combate à corrupção e a eliminação dos privilégios devem ser prioridade no país.

O cardeal Odilo Scherer, fez a primeira pergunta geral para todos os candidatos sobre democracia e corrupção, e além dele, também estava em Aparecida dom João Inácio Muller, bispo de Lorena.

Reveja toda cobertura do Debate de Aparecida: clique aqui para assistir.

Avaliação

Cardeal Sergio da Rocha, que fez a abertura do debate, considerou: “penso que podemos ressaltar que foi atingido, muito bem, o objetivo que foi proposto: conhecer melhor os candidatos, mas a partir de questões que o povo brasileiro sente e que a própria CNBB está expressando”. Ele ainda ressaltou a simbologia do lugar. Aparecida é um centro de peregrinação católica que atrai milhões de pessoas, durante todo o ano. E ainda que não seja uma cidade de fácil acesso com transporte aéreo, os candidatos fizeram questão de estarem presentes.

“Os bispos, atentos à realidade brasileira, trouxeram questões que não são somente de interesse estritamente da Igreja, mas de toda a população“, disse. O presidente da CNBB também lembrou que a participação dos jornalistas católicos ajudou a apresentar aos candidatos várias realidades importantes que merecem uma palavra de cada um deles e que “expressa o diálogo dos candidatos com a própria Igreja. Claro que é um diálogo aberto, como se queria, um diálogo com o conjunto da população brasileira, mas particularmente voltado para os cristãos católicos, aqueles que participam da vida da nossa Igreja, e que têm suas preocupações, suas questões“.

Dom Sergio conclui: “Eu creio que os bispos conseguiram interpretar muito bem os grandes anseios, as grandes preocupações do povo brasileiro e que precisam estar no programa de governo de quem vai ser eleito”.

Por Canção Nova

Comentários

*O Católico Digital não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Newsletter

Cadastre-se e receba as últimas notícias do Católico Digital diretamente em seu e-mail!