Vaticano

Papa: podemos ser curados se confiamos em Deus

ACI Digital › 25/04/2018

O Papa Francisco explicou, antes da oração do Regina Coeli, que a liturgia deste Quarto Domingo de Páscoa “prossegue na intenção de nos ajudar a redescobrir a nossa identidade de discípulos do Senhor Ressuscitado” e assegurou que Deus pode curar todas as doenças espirituais.

“Cada um pode curar-se de muitas formas de doenças espirituais – ambição, preguiça, orgulho, se aceita colocar com confiança a própria existência nas mãos do Senhor Ressuscitado”.

Francisco afirmou que Jesus é o “Bom Pastor”, mas esta “auto apresentação não pode ser reduzida a uma sugestão emocional, sem nenhum efeito concretos”.

“Jesus cura através do seu ser pastor que dá a vida. Dando a sua vida por nós, Jesus diz a cada um: ‘a sua vida vale muito para mim, para salvá-la, eu a dou por mim mesmo’”.

“E oferecer a sua vida o torna Bom Pastor por excelência: Aquele que cura, Aquele que nos permite viver uma vida bela e fecunda”.

Francisco indicou que “é este acontecimento através do qual se realiza uma relação viva e pessoa com Jesus, deixar-se conhecido por Ele”.

“Ele está atento a cada um de nós, conhece profundamente o nosso coração. Conhece as nossas qualidades e os nossos defeitos, conhece os projetos que realizamos e as esperanças que foram desiludidas”.

“Ele nos aceita assim como somos, nos guia com amor, para que possamos atravessar caminhos difíceis ?sem errar a estrada, ele nos acompanha”.

Ao mesmo tempo, “somos chamados a conhecer Jesus” e isso “requer um encontro com Ele, um encontro que provoca o desejo de segui-lo abandonando os comportamentos auto referenciais para caminhar em estradas novas indicadas por Cristo e abertas a vários horizontes”.

Nesse sentido, advertiu que “quando em nossas comunidades se resfria o desejo de viver a relação com Jesus, de ouvir a sua voz e segui-lo fielmente, é inevitável que prevaleçam outras maneiras de pensar e viver que não são coerentes com o Evangelho”.

O Papa também pediu para agradecer a Deus pelos novos sacerdotes ordenados na manhã de hoje na Basílica de São Pedro e os convidou para que rezem para que “o Senhor multiplique as vocações para a vida consagrada e ao matrimônio cristão”.

Por ACI Digital

Comentários

*O Católico Digital não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Newsletter

Cadastre-se e receba as últimas notícias do Católico Digital diretamente em seu e-mail!