Igreja no Mundo

Papa: A mediocridade faz com que o jovem seja tíbio e sem gosto

ACI Digital › 26/03/2019

O Papa Francisco alertou os jovens para o risco de caírem na mediocridade que faz com que eles, sem terem lutado, sejam “tíbios e sem gosto”.

O Santo Padre pronunciou estas palavras no último sábado, 23 de março, durante o diálogo realizado na Sala Paulo VI com um grupo de estudantes do Colégio Barbarigo, da cidade italiana de Pádua.

“Na juventude, aprende-se que nada na vida é grátis. Devemos olhar para a meta, chegar a ela. Somente o amor de Deus e sua graça são gratuitos. Isso é gratuito porque Ele sempre nos amará, sempre, mas para seguir em frente é necessário o esforço de cada dia”, disse o Santo Padre.

“Não devemos fechar os olhos diante das dificuldades, mas rejeitar a mediocridade. Esta palavra, lembrem-se bem dela no coração: mediocridade”, alertou Francisco. “Um jovem medíocre acabará sendo tíbio. Nem frio nem quente. Será tíbio, sem gosto, sem nada, sem ter lutado”, acrescentou.

O Pontífice também aproveitou a ocasião para se referir à educação que, em sua opinião, antes consistia em “mais ou menos encher a cabeça de ideias e mais nada. Isso não é educação”.

“A educação é enfrentar os problemas da vida. É verdade que se necessita de ideias na cabeça, estudar as coisas teóricas, mas para sempre confrontar – é uma palavra importante – com os problemas reais da vida”, disse Francisco.

Para isso, é “necessário confrontar-se não apenas com problemas, mas com as belezas da vida, confrontar-se com a arte, com as coisas boas que acontecem na vida. Isso é algo muito importante”.

Por ACI Digital

Comentários

*O Católico Digital não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Newsletter

Cadastre-se e receba as últimas notícias do Católico Digital diretamente em seu e-mail!