Diocese de Jundiaí

Grito dos Excluídos 2017: “Vida em primeiro lugar”

Diocese de Jundiaí › 01/09/2017

A 23ª edição Nacional e 7ª edição diocesana do Grito dos Excluídos 2017 acontece no dia 7 de setembro, às 15h, na Catedral Nossa Senhora do Desterro, com o tema: “Vida em primeiro lugar” e o lema: “Por direitos e democracia, a luta é todo dia”.

Dom Vicente Costa, Bispo Diocesano de Jundiaí, preside celebração eucarística seguida por um ato em frente a matriz, na Praça Governador Pedro de Toledo, s/n., Centro, Jundiaí/SP, local onde será dada voz a todos os que estão em situação de exclusão social.

Vivemos tempos difíceis, de desemprego, de violência, de ajuste fiscal, de perdas de direitos sociais e de avanços democráticos conquistados nas últimas décadas; a aprovação da nova Lei da Terceirização que, segundo instituições ligadas aos direitos dos trabalhadores, trará considerável aumento da precarização das condições dos trabalhadores. As Reformas, Trabalhista e Previdenciária, focadas nos interesses do mercado financeiro, desservindo principalmente os mais pobres. O próprio sistema democrático em crise e os políticos do Congresso Nacional estão muitos distantes da realidade vivida pela população.

O Grito dos Excluídos é um momento de reflexão sobre as várias faces de exclusão da sociedade. É preciso realizar rodas de conversas e encontros que promovam um amplo diálogo e reflexão sobre como estamos vivendo o evangelho, se em favor de nós mesmos ou se em favor do nosso próximo, o pobre e o excluído.

Com o espírito daquele que nos leva a amar de coração aberto, abracemo-nos a este chamado, pois: “todas as vezes que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos, foi a mim mesmo que o fizestes” (Mt, 25, 40).

Breve Histórico

O Grito dos Excluídos surgiu na Campanha da Fraternidade de 1995, com o tema: “Fraternidade e os Excluídos”, lema: “Eras Tú, Senhor?”. Desde então, na Semana da Pátria, as Pastorais Sociais da Igreja Católica, Igrejas Irmãs, Movimentos Sociais, Sindicatos e Organizações da Sociedade Civil organizada, articulam e realizam o Grito dos Excluídos.

Colaboração: Sandro Rogério de Souza (Coordenador da Pastoral Fé e Política, Diocese de Jundiaí)

Por Diocese de Jundiaí

Comentários

*O Católico Digital não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Newsletter

Cadastre-se e receba as últimas notícias do Católico Digital diretamente em seu e-mail!