Paróquias

51ª Festa de São Benedito ocorre de 5 a 8 de outubro em Salto (SP)

Católico Digital › 04/10/2017

A Paróquia São Benedito celebra de 5 a 8 de outubro as festividades em louvor ao seu padroeiro. A programação religiosa conta com tríduo preparatório e missa solene, seguida de procissão, no domingo, dia 8 de outubro, às 19h.

Confira a programação completa:

5 de outubro (5ª feira): Dia de São Benedito
19h30: Missa (Padre Paulo Haenraetz – Santa Bárbara d’Oeste/SP)

6 de outubro (6ª feira)
19h30: Missa (Padre Edmilson de Abreu Silva – Paróquia Nossa Senhora Aparecida – Jundiaí/SP)

7 de outubro (sábado)
18h: Missa (Padre Adriano Antônio Marques – Paróquia Nossa Senhora do Monte Serrat – Salto/SP)
20h: Caminho Neocatecumenal (Padre Adriano Ferreira Rodrigues – Paróquia São João Batista – Itu/SP)

8 de outubro (domingo)
7h: Missa (Padre José Luiz Nascibem – Vigário Paroquial)
9h: Missa (Padre José Luiz Nascibem – Vigário Paroquial)
19h: Missa solene e procissão (Padre Marcílio Gragefe – Pároco)

A Paróquia São Benedito está localizada no Largo São Benedito, 52, no bairro Vila Nova, em Salto (SP).

São Benedito

Embora em todo o mundo a festa em louvor à São Benedito seja celebrada em 4 de abril, data de sua morte, no Brasil ela é celebrada, desde 1983, em 5 de outubro, por uma especial deferência canônica concedida à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Benedito Manasseri nasceu em 1526, na pequena aldeia de São Fratelo, em Messina, na ilha da Sicília, Itália. Era filho de africanos escravos vendidos na ilha. O seu pai, Cristóforo, herdou o nome do seu patrão, e tinha se casado com sua mãe, Diana Lancari. O casamento foi um sacramento cristão, pois eram católicos fervorosos. Considerados pela família à qual pertenciam, quando o primogênito Benedito nasceu foram alforriados junto com a criança, que recebeu o sobrenome dos Manasseri, seus padrinhos de batismo.

Cresceu pastoreando rebanhos nas montanhas da ilha e, desde pequeno, demonstrava tanto apego a Deus e à religião que os amigos, brincando, profetizavam: “Nosso santo mouro”. Aos vinte e um anos de idade, ingressou entre os eremitas da Irmandade de São Francisco de Assis, fundada por Jerônimo Lanza sob a Regra franciscana, em Palermo, capital da Sicília. E tornou-se um religioso exemplar, primando pelo espírito de oração, pela humildade, pela obediência e pela alegria numa vida de extrema penitência.

Benedito morreu no dia 4 de abril de 1589 como um simples frade franciscano, em total desapego às coisas terrenas e à sua própria pessoa, como um irmão leigo gozando de grande fama de santidade, que o envolve até os nossos dias.

Foi canonizado em 1807, pelo papa Pio VII. Seu culto se espalhou pelos quatro cantos do planeta. Em 1652, já era considerado o santo padroeiro de Palermo. Mais tarde, foi aclamado santo padroeiro de toda a população afro-americana, mas especialmente dos cozinheiros e profissionais da nutrição.

Comentários

*O Católico Digital não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Newsletter

Cadastre-se e receba as últimas notícias do Católico Digital diretamente em seu e-mail!